Páginas

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Inspiração: Barbarella.

Gente, acho que toda Barbara um dia na vida já foi chamada de Barbarella. Eu tenho vários amigos que só me chamam assim, e eu acho hiper fofo. Então, fui pesquisar na net pra ver quem foi, de onde saiu essa tal de Barbarella. As informações não são muito detalhadas (ver aqui), mas basicamente era um gibi que virou filme em 1968, estrelado pela Jane Fonda.
A Barbarella causou muito burburinho na época de lançamento, porque ela era altamente sensual pros padrões da época. E geeeeeeeente, que coisa linda. Pesquisando umas fotos, vi que não se tratava de uma sensualidade vulgar, mas de algo altamente refinado. Óbvio que se tratava de uma série “futurista”, e bastante caricata, mas... Me digam se não é lindo de ver?
Vejam bem, ultimamente tem tido muito penteado, make, capa de revista inspirado na década de 60/70, e quem melhor pra nos inspirar que a Barbarella? Olha o ondulado desse cabelo, meu povo, e me digam se ele não tem aparecido muito por aí? E o delineado do olho? Sobrancelha marcada? Isso lembra alguma coisa a vocês?




O melhor cabelo, ever!!!

E isso traz outra consideração: cabelo ondulado + olho delineado pode casar com vários estilos. Você pode ser diva como a Adele, cool como a Amy Whinehouse, clássica e chic como a Dita Von Teese ou... sexy como a Barbarella! Só mudar o estilo da roupa (e as dela nem são vulgares, confessa), caprichar no carão e segurar a personagem. Vamos de Barbarella hoje?

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Maquiagem "cara de nada".

Hey, amadas.
Bom, eu já falei 200 milhões de vezes aqui no blog que eu tenho um lado travesti. Pra mim não é problema nenhum usar uma maquiagem riqueza no dia a dia, mas... às vezes dá preguiça de caprichar no make, ou a roupa pede uma maquiagem mais sóbria. Então, com o mínimo de produtos possível, e almejando um resultado mega blaster natural, eis que apresento aqui no blog meu make cara de nada!!!
Primeiro, uso uma base líquida do tom da minha pele e que não tenha cobertura de reboco, afinal, a intenção é parecer que não estou usando nada (a minha base é a da Vult). Depois, com o pincel de blush mesmo, eu passo um tico de nada de pó no queixo, testa e nariz. Bem pouco mesmo, só pra segurar o brilho. Pouco blush, num tom coral, sem brilho. POUCO! Moças, blush marcado não dá aspecto natural pra maquiagem, só fica bonito nos editoriais de moda.
Pele ok? Agora vem os truques pra dar toda a graça do make nada: lápis bege na linha d’água. Gente, eu amo o lápis bege. Te da aquele ar de quem não está usando nada, e fica todo mundo notando algo de diferente, mas sem saber bem o que. E ajuda a disfarças as olheiras. Bom, depois, vem o lápis marrom. Tem gente que esfuma ele no contorno dos olhos, mas eu tava com preguiça, aí passei ele como se fosse um delineador só na parte de cima dos olhos. E finalizei com um rímel bem poderosão (The Falsies), e hidratante labial sem cor.
Vejam o resultado:

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Produtos BBB

Gente!!! Para o mundo que eu quero descer!!!
Sabe quando você sai, compra produtos suuper baratinhos e chega em casa e fica satisfeitíssima com as aquisições? Pois é: essa sou eu!!!
Bom, começo com um kit de sombras/lápis da Fenzza. Essa marca, eu já tinha visto pela blogsfera afora, é uma marca barata e com produtos super honestos. Esse kit que eu comprei tem um lápis marrom, suuuuuuper pigmentado (e que eu tava precisando), um lápis labial em tom coringa, uma paleta de sombra (eu escolhi uma em tons de verde/azul, mas tem uma de marrons que pode ser uma prima da Naked, da Urban Decay), e cinco sombras líquidas.





Gente, eu gostei da pigmentação de tudo, e olha, eu to APAIXONADA pelos verdes com brilhinhos dourados. Agora que o stress monográfico passou, vou fazer um make com elas pra postar aqui. As sombras líquidas também são super. To até pensando em usar um pincel fininho e tentar usar como delineador. Ah... e tudo isso saiu pela bagatela de 16 reais.
Outra aquisição foi esse batom da Dailus. Olha... a cor na bala me deixou doida (a cor é Pink Flúor) na bancada da farmácia. Mas... gente, o acabamento é cremoso demais (eu prefiro matte), meio transparente, e o gosto também é meio estranho. Mas... passei ele por cima do n 01 da Vult Matte e ficou um Pink fortão tão lindo que eu até esqueci a decepção inicial.
Ah... e o Google imagens me emprestou uma foto da tal paleta marrom. É bonitinha, vai?
Mais quem compartilha meu amor por produtinhos bbb????