Páginas

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Preparação pra formatura + Como fazer o cabelo crescer.

Hello Ladies!!!
Começo aqui um post da minha saga para formatura, e começo com a preparação do cabelo. Isso porque, moças, formatura tem que ter penteado. E isso pra mim seria um problema.
O caso é que eu sempre deixei meu cabelo curto/médio, nunca passando da altura dos ombros. E esse comprimento é um desastre pra penteado (some a isso o fato de que eu me formo no verão e nem cogitei a hipótese de usar um aplique calorento). Então, desde dezembro do ano passado qual foi a solução? Deixar a juba crescer.
Aí desesperei. Queria que ele crescesse muito, e muito depressa. E o que uma pessoa desesperada faz, meu povo? Faz besteira. E eu quase fiz uma. Li na net sobre um raio de um shampoo misturado com um medicamento de uso veterinário que prometia milagres. E eu quase fiz isso. Mas, aos 45 do segundo tempo resolvi apelar pro certo, em vez de pro duvidoso, e fui visitar meu amado dermato. Graças a Deus!!!
Primeiro, que essa “receitinha milagrosa” da net aí não dá certo. E ainda te faz correr o risco de ficar careca, tipo, o extremo oposto. Então vamos às considerações do doutor.
O seu cabelo cresce não mais que 1,5 cm em média por mês. E pode crescer alguns milímetros a mais ou a menos dependendo do seu metabolismo, genética, e essas coisas. Tem ainda aquela fase que nasce “cabelo novo” (parece que é um frizz infernal, mas não é), e com relação a isso, não tem muito o que se fazer. Ele ainda pode crescer mais devagar, ou cair muito, se fragilizado por químicas, secador e chapinha. Mas... se não é esse o caso, ou se você cuida muito direitinho da sua juba e ele começa a demorar a crescer/cair pode ser sinal de algo mais grave. A deficiência de algum nutriente essencial no seu organismo pode fazer seu cabelo cair ou crescer mais devagar (isso também ocorre com as unhas), ou causas hormonais podem ter o mesmo efeito. Ou seja, não tem como você “ajudar” no crescimento dele sem orientação médica. Até porque se você estiver com anemia, por exemplo, a queda de cabelo é o menor dos seus problemas.
Logo, eu fiz um exame de sangue detalhado, que, graças a deus não constatou nenhum problema comigo. Fui encaminhada pra um nutricionista que me passou uma dieta rica um proteína (carne, peixe), muita folha escura, alimentos de coloração laranja (cenoura, mamão). Normalmente receitam leite nessa dieta também, mas eu reduzi o consumo dele por causa do meu problema de pele. Também me receitou um suplemento pra tomar uma vez por dia, ou seja, o cuidado não era direcionado ao cabelo, mas à minha saúde em geral.
Fazendo o tratamento interno, foi hora de partir pros cuidados externos. Como eu amo mudar a cor do cabelo, o que ocorria é que ele crescia muito na raiz, mas ficava tão detonado nas pontas que eu tinha que cortar quase tudo o que ele tinha crescido, por mais que eu cuidasse. Então a recomendação foi, de a cada 3 meses tirar meio dedo de cabelo, pra cuidar das pontinhas. Não é recomendável deixar o cabelo crescer tudo de uma vez, porque se não as pontas partidas vão abrindo, abrindo, e aí, quando você for passar a tesoura tem que cortar 5 dedos de cabelo e bye crescimento. Ale´m disso, tive que parar de usar colorações com amônia, não tonalizar o cabelo mais que uma vez por mês (por isso também desisti do vermelho) e alternar, numa semana um creme de reconstrução (não teve jeito, tive que comprar um creme com queratina), e na outra, um super hidratante.
É chato, é demorado e não é nada milagroso. Mas funciona. Se liguem nas fotos do meu cabelo em novembro, e agora, pra vocês verem o quanto ele cresceu. E até dezembro tenho esperança de que ele fique um pouco maior. E o mais importante: bonito, saudável, e principalmente, sem riscos e sem precisar deixar de trocar de cor, como eu tanto amo




Em novembro, com cabelo na altura do queixo.




Sabado passado, se liga no cabelón!!! Eu sou a da direita, meu povo, com zóim fechado!

Por isso que eu digo: nem tudo é fórmula mágica, às vezes o básico do básico funciona. Tomem cuidado com as receitas mágicas que vocês encontram net a fora. Podem causar alergias, problemas de pele, coisas extremamente graves. Orientação profissional é tudo!

4 comentários:

  1. AHASOU! Adorei o post e o cabelão saudável! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Nossa super legal em, o que q uma dieta balanceada não faz!
    O cabelão tá lindo!!

    Beijos

    http://magicafeminina.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. olá fashion!!!
    Realmente a cor do seu cabelo é lindo,lindo, amei!!!! bom !!! eu que o diga cabelos longos dá um trabaaaaalho!!! Mais fica bem bonito também né!

    mil bjocas
    http://frutacorfashion.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Brigadão, gatas. E é verdade, comer direito ajuda em um monte de coisas.

    Bjos!!!

    ResponderExcluir

Gostou do post? Comenta, gata!