Páginas

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Moda pra concurso público?

 Divas pirigas do meu coração!
Vocês devem estar achando o título do post o cúmulo da futilidade, né? Isso porque quem vai fazer concurso público está preocupada em passar, e não com moda. Mas a questão aqui não é nem beleza, mas evitar situações desagradáveis. Isso porque já prestei algumas provas de concurso, e já vi tanta mulher usar roupa/acessório em total desacordo com a ocasião que se atrapalhava e atrapalhava os outros a fazer prova. E aí vem a pergunta: “mas Barbara, o que a minha roupa tem a ver com a prova que eu vou prestar?”. Eu respondo: muita coisa. Então eu vou dar umas dicas aqui pra que certas situações desagradáveis sejam evitadas. Vamos?
1 – Não use bolsa grande: Seguinte, moças, na sala onde se faz prova não se pode entrar com essas coisas. Costuma-se até dar aos candidatos um saquinho plástico lacrado pra guardar os pertences. Aí vão as desavisadas com uma bolsa-mala, cheia de coisas que elas não vão usar ter um trabalhão na hora de serem revistadas, colocar as coisas no saco plástico (que normalmente é pequeno), dependendo do local de prova tem que deixar a bolsa do lado de fora em local inadequado... uma dor de cabeça desnecessária num momento que já é tenso. O ideal é levar um bolsa mini só com a caneta, dinheiro, chaves e documentos. Se possível, nem celular.
2 – Não use salto/calça baixa/ blusa decotada: Onde as provas de concurso são feitas? Normalmente em escolas (de ensino fundamental e médio). Se lembram de como são as carteiras desses lugares? Pois é. Duras e desconfortáveis. O que isso quer dizer é que se você não for com uma roupa MUITO confortável, você vai ter que ficar se ajeitando o tempo todo no lugar. E isso tira a concentração do que será importante: a prova. Procurem usar sapatilhas/oxfords, uma calça não muito baixa e não muito justa e uma blusa confortável. Se você tiver que ficar ajeitando a roupa o tempo todo, não fará prova direito.
3 – Cuidado com os acessórios: Uma vez fiz prova numa sala em que uma menina foi com 48237687256845684 pulseirinhas de argola. Toda vez que ela mexia o braço (o que quer dizer o tempo todo) fazia mais barulho do que o chocalho da minha irmã. Podia até não incomodá-la, mas os outros candidatos na sala olhavam feio pra ela o tempo todo. Resultado? O fiscal teve que pedir pra ela tirar aquilo. A dica aqui é: evite coisas que façam barulho.
4 – Perfume forte não: Gente, concurso é uma hora de tensão. Todo mundo quer passar, todo mundo está nervoso. Coisas que não incomodam normalmente, ali passam a incomodar. Uma pessoa com perfume muito forte sentada na sua frente tira TOTALMENTE a sua concentração da prova. As pessoas que estarão na mesma sala que você, antes de serem seus concorrentes, são pessoas como você. Então não esqueça as noções de coletividade e civilidade e pense no próximo. Não tome banho de perfume.
5 – Sala de provas não é lanchonete: Normalmente as provas de concurso são longas. Acaba sendo normal pessoas levarem algo pra beber/comer pra sala, porque depois que a prova começa já era. Mas tenha bom senso. Já vi gente levando caixa de bombom, coxinha (o cheiro de fritura na sala foi insuportável), latinha de coca-cola (na hora de abrir teve gente que até tomou susto). Não se leva esse tipo de coisa, principalmente as de odor acentuado. Uma garrafa de água, uma barrinha de cereal e uma balinha são suficientes. A sua refeição de verdade, deixa pra fazer em casa, ok?
De resto, amadas, estudem, tenham calma, tranqüilidade, levem sempre uma caneta preta e façam uma refeição leve antes da prova. E quando forem aprovadas, lembrem de mim!!!
Beijos!

Um comentário:

  1. Ééééé! Direto da Capital Secreta para o mundo, meu bem! Podemos trocar vááárias figurinhas! Beijo grande!

    ResponderExcluir

Gostou do post? Comenta, gata!