Páginas

terça-feira, 10 de maio de 2011

Batom nude também pode ser glam!

Olá!
Pois é, moças, quando eu falei que gostava de um make over e glam, todo mundo achou que eu só usava batom chamativo, combinado com sombra chamativa, estilo viúva Porcina todo dia. Não podiam estar mais longe da verdade.
Eu curto mesmo um make glam, mas a gente tem que ter bom senso de usar coisas adequadas pra ocasião em que nos encontramos. E, as vezes, uma coisa que tem status de discreto – tipo o batom nude – numa composição X pode ficar bem glam. E é isso que eu vim mostrar hoje: batom nude + delineador Amy Winehouse + esfumadão da Christina Aguilera + iluminador até a alma = (Let’s Get) Glam!!!
O problema do batom nude é que muita gente usa ele sem mais nada no rosto (nem blush!) e fica com cara de defunta anêmica com hipotermia. Aí não dá, colega. Ele é pra ser usado com postiços (ou com a The Falsies!!!), com delineador bacana, com sombra multicolorida. A função do batom nude é fazer plano de fundo pra outra coisa brilhar, e não pra terminar de apagar o rosto de quem o está usando.



Por isso a campanha: batom nude sim, monotonia não!